Todas edições-apresentação-demo R.M. Ed 138 ONLINE R.M. Ed 136 ONLINE RM - Facebook R.M. Ed 137 ONLINE R.M. Ed 139 ONLINE Assine Magnum

É com prazer que apresentamos a revista MAGNUM!

MAGNUM é uma Revista dedicada ao universo das Armas de Fogo. Aborda Colecionismo, Tiro Esportivo, Munições, Recarga, Balística e Legislação pertinente ao assunto. Além de abordar Arqueiria, Caça, Cutelaria, promover entrevistas com pessoas ligadas a cada um desses setores e cobrir lançamentos de novos produtos - no Brasil e no mundo -, buscando estimular seus Leitores ao trânsito saudável, consciente e responsável através desses temas.

Confira abaixo 5 Edições Completas para Assinantes MAGNUM

Edição Especial - Ed. 31 - Fuzis 2 - Mar / Abr 2008

blog post image

Editorial

Caro Leitor, O enorme sucesso da Edição especial denominada Fuzis 1 praticamente nos compeliu a produzir este exemplar que agora Você tem em mãos!

Como sempre, a pauta definida para este Especial de MAGNUM foi objeto de estudos por parte de nossas Editorias visando trazer, neste veículo, mais um apanhado do melhor que foi escrito sobre o assunto Fuzis; e nele “viajaremos” entre os tradicionais modelos de ação manual de ferrolho (como o Mauser 1894, o Walther 66 BL e o Winchester 70) e aqueles automáticos/semi-automáticos de gerações mais recentes - aqui muito bem representados através das marcas Beretta (SC 70), Armalite (AR-18), Galil e outros, obviamente não nos esquecendo de uma arma extraordinária para a função de Sniper, que é o PSG-1 da conhecidíssima fabricante H&K.

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição 112 - Ano 18 - Julho/Agosto 2011

blog post image

Editorial

REESTRÉIA DE UM “FILME” QUE TODOS JÁ VIMOS!

Assim como na propaganda de um prepara do para bebida láctea bem conhecido, “há mil maneiras de se fazer um Editoria l como este ” - mas resolvemos começar pelo INCRÍVEL desrespeito à opinião popular, ou seja, simplesmente sugerir que se faça um novo referendo (ou plebiscito) quanto à questão das Armas de Fogo!

Dentro de tal linha de pensamento, pode-se intuir que, daqui para frente, sempre que um resultado obtido nas urnas não agradar o governo, far-se-á outro e pronto! Humm... isso não só “cheira” a malévola intervenção mas também é, escancaradamente, uma maneira de se rasgar a Constituição Federal: desrespeitada, desta vez, a vontade do Povo, o que impede quaisquer governantes de repetir a dose sempre que lhes for conveniente?

Assim, já extrapolamos a questão das armas e passamos para uma atitude de imposição que passa bem longe do conceito de Democracia...

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição 47 - Ano 8 - Abril/Maio 1996

blog post image

Editorial

Uma última chance

Escócia: Homossexual mata 16 crianças na escola.

EUA: Mais um louco invade lanchonete dando tiros.

Austrália: Louco mata 34 turistas

Brasil: Estudante reprovado invade universidade e mata o diretor

Nos últimos 90 dias, estas foram algumas das principais manchetes dos diários e telejornais aqui no Brasil e no resto do mundo.

Discussões à parte sobre o aspecto psicossocial do porquê esses fatos ocorreram (e, muito infelizmente, irão continuar ocorrendo), alguns conceitos menos teóricos merecem ser comentados.

O primeiro deles diz respeito à insanidade humana comprovadamente contida nos casos mencionados, totalmente imprevisível e que – eclodindo com violência – fez vítimas fatais, as quais não tiveram a mínima chance de defesa.

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição Especial - Ed. 34 - Série Fuzis 3 - Fev / Mar 2009

blog post image

Editorial

Fuzis: Armas Longas, de alma raiada e basicamente dotadas de canos maiores do que os encontrados em carabinas. Podem ser de repetição (ação mecânica do Atirador a cada tiro), semiautomáticos (quando a alimentação do cartucho seguinte ao tiro é automática) e automáticos (capazes de dar rajadas a um simples premir do gatilho).

Como definição, algo muito simples - mas, historicamente, tais artefatos estiveram presentes a caçadas e guerras desde o fim do Século XV, tendo sido, sem dúvida, inventados pela criatividade européia em uma das seguintes cidades: Viena, Nuremberg ou Leipzig.

Contudo, isso talvez não importe tanto aos aficionados - os quais vêem em alguns fuzis simplesmente um “objeto de desejo” capaz de satisfazer as mais íntimas aspirações, sejam elas voltadas ao Esporte Venatório, ao Treinamento ou à luta em campo de batalha.

Nesta edição especial - como sempre voltada aos Colecionadores e Cultores de MAGNUM - buscamos abranger toda uma gama de armas dentro de tal classificação, desde aquelas mais antigas como o Mauser e sua espetacular ação (sempre imitada; jamais igualada) até as voltadas para o presente e o futuro como os Colts HBAR e Commando, o SiG 510-4, o HK G11 (o qual ficou bastante conhecido por sua característica de emprego de munição desencartuchada), o Sistema EWS britânico e o Steyr AUG; passando ainda pelo nacional Imbel MD 2 e pelo “nacionalizado” Mosquetão FAL M968.

Desse modo, o Leitor encontrará, dentro dos artigos reunidos nesta Coletânea, várias minúcias referentes a cada arma citada, podendo assim compará-las dentro de várias vertentes, sejam elas históricas ou funcionais.

Quanto a nós, de MAGNUM, o que sinceramente desejamos é que esta nova seleção de marcas e modelos seja do agrado daqueles que há muito nos seguem e também dos que acabam de conhecer um exemplar de nossas publicações.

Boa leitura!

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição Especial - Ed. 58 - Armas longas

blog post image

Editorial

Mais uma Edição Especial de MAGNUM – desta vez contemplando Armas Longas, lembrando que dentro de tal escopo podem (por não serem propriamente Armas Curtas) fi gurar tanto carabinas quanto fuzis e metralhadoras de mão.

Assim, esta se torna, de algum modo, uma publicação diferenciada, a qual abrange tipos de Armamento razoavelmente distintos - inda que agrupados sob o grupo Armas Longas. Dentre as enfocadas, o Leitor poderá se deparar com peças que viram, efetivamente, combate em algumas guerras, como a 2a e a do Vietnã (portanto, especifi camente projetadas para campos de batalha), aquelas que vivenciaram os tempos conhecidos como do Velho Oeste norte-americano e suas derivadas e, ainda, algumas que foram criadas para completar linhas de Armamento ou simplesmente obedecer a regras específi cas de alguns países/pedidos especiais de ávidos mercados.

Além das descritas, Você irá também encontrar alguns Modelos de criação tipicamente nacional, dentre os quais se pode pinçar raridades e/ou que nunca foram utilizadas (por produção reduzida, por não passarem da fase de projeto ou, ainda, por possíveis ingerências políticas/fi nanceiras) - mas que em nada desmerecem a criatividade de seus inventores em função de certas soluções mecânicas que - mesmo hoje em dia - poderiam ter lugar em exemplos de Armamento mais moderno.

Desse modo, sejam as armas aqui enfocadas nacionais ou estrangeiras, garantimos que esta Edição será capaz de desvendar alguns “segredos” àqueles que não tiveram a oportunidade de ler, em primeira publicação, o que escrevemos sobre elas sob as vinhetas Apresentação ou Teste (aqui incluída a deliciosa Testando as Clássicas).

Só nos falta, agora, desejar ao Leitor uma ótima leitura de todos esses tópicos “cherry picked” (escolhidos a dedo) por nosso staff editorial!

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line