RM - Facebook Revista Magnum Especial 60 Especial 55 online Assine Magnum Edição 125 online Todas edições-apresentação-demo Edição Especial - Ed. 57 -

É com prazer que apresentamos a revista MAGNUM!

MAGNUM é uma Revista dedicada ao universo das Armas de Fogo. Aborda Colecionismo, Tiro Esportivo, Munições, Recarga, Balística e Legislação pertinente ao assunto. Além de abordar Arqueiria, Caça, Cutelaria, promover entrevistas com pessoas ligadas a cada um desses setores e cobrir lançamentos de novos produtos - no Brasil e no mundo -, buscando estimular seus Leitores ao trânsito saudável, consciente e responsável através desses temas.

Confira abaixo 5 Edições Completas para Assinantes MAGNUM

Edição 21 - Ano 4 - Setembro/Outubro 1990

blog post image

Editorial

Os verdadeiros culpados

Nestas épocas de eleições, movimentos totalmente espúrios, principalmente por parte de políticos (a maioria dos quais primaram por mandatos de absurdo e absoluto imobilismo), pseudo-entendedores de armas e sua aplicação tática, jornalistas mal-formados nas faculdades brasileiras de comunicação da atualidade (as quais infelizmente, grassam em cada esquina do País...) e outros elementos claramente mal intencionados conseguem sensibilizar aquela (grande) parcela desinformada da população, tradicionalmente composta por sacerdotes que se crêem politizados, beatas, inocentes úteis e outros que nunca têm posição própria, então, inocentes úteis.

Assim, o que eram inicialmente apenas ilusões paranóicas de um grupelho desonesto até para consigo mesmo, por um fenômeno de comunicação típico de países com baixo índice cultural como o Brasil e através da incansável repetição, acabam por se multiplicar, tornando-se uma “verdade irrefutável”

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição 71 - Ano 12 - Outubro/Novembro 2000

blog post image

Editorial

10 / 20 / Perpétua X Desarmamento

Em um momento onde se discute no Rio de Janeiro – vejam só – o projeto para construir moradias fortificadas para Policiais e suas respectivas famílias visando protegê-los da famigerada ação da bandidagem; existem “pedágios” comandados por marginais, e alguns elementos de mente doentia colocam fogo em uma família inteira por ela não ter dinheiro e outros objetos de valor dentro de sua própria moradia, é hora de revermos certos conceitos relativos a direitos humanos, os quais parecem só existir para aqueles que decidiram criar uma sociedade paralela constituída apenas por ladrões, assassinos, estupradores e outros maníacos sexuais.

Uma guerra civil, tão escondida pelos maus políticos e por segmentos da Imprensa em geral, é franca e onipresente, só não a vendo quem não quer. Só falta mesmo decidir quem são os contendores: Polícias X Bandidos? Polícias X Cidadãos? Governos X Polícias? Bandidos X Cidadãos de bem?

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição 75 - Ano 13 - Outubro/Novembro 2001

blog post image

Editorial

Em votação a Lei Irrestrita de Proibição Geral

Nossos correspondentes internacionais informam em primeira mão que em Brulísia, capital do Brulil, há atualmente um impasse entre dois projetos, sobre o assunto em pauta, que deverão ser votados brevemente. Passamos a transcrevê-los, na íntegra, tentando imaginar qual deles será o escolhido:

Projeto A (proposição do Político Dr. J.P.L.N. da S, e G de H, pertencente ao PXB) Art.1º
Parágrafo único: A partir desta data, ficam proibidos todos e quaisquer artefatos capazes de disparar projéteis ou objetos equivalentes à distância, sob o poder de uma carga de pólvora ou similar, mesmo que voltado para o esporte ou nas mãos das Forças legalmente constituídas;

Art 2º
Parágrafo 1: Todo aquele que for detentor de um desses nefandos artefatos deverá entregá-lo no Distrito Policial mais próximo, ou sofrerá as pesadas penas da lei, jamais antes aplicadas com seriedade.

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição 69 - Ano 12 - Abril/Maio 2000

blog post image

Editorial

A Lição Australiana

(ou o que todo antiarma brasileiro deve saber) No dia 28 de abril de 1996, na cidade australiana de Port Arthur, um maníaco feriu a tiros 35 pessoas. Doze dias depois, em 10 de maio daquele ano, leis federais tornaram ilegais toda e qualquer Arma de Fogo semi-automática na Austrália. Com isto, de um total de 7 milhões de armas em existência naquele país, 2,8 milhões foram proibidos, praticamente da noite para o dia.

Através de um súbito programa de captação de recursos monetários (curioso como dinheiro para bobagens governamentais aparece rapidamente!), 500 milhões de dólares foram destinados à compra de armas semi-automáticas na posse de honestos cidadãos australianos. Entretanto, apenas 25% das armas subitamente tornadas ilegais foram entregues ao governo, o que significa que somente 640 mil unidades saíram de circulação.

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line

Edição 119 - Agosto/Setembro 2013

blog post image

Editorial

O DESCARTE!

Como as autoridades constituídas encaram este sinistro jogo de cartas.

Em tempos nos quais o Governo Federal - em vista das manifestações públicas que ocorreram (e ainda ocorrem) em todo território nacional - sugere a instalação de um Referendo para aprovação ou não de uma reforma política (ou Plebiscito, pelo qual mais pugnam por razões incompreensíveis à maior parte dos mortais), perguntamos a nós mesmos sobre a serventia de tal ato que, a nossos olhos, nada mais é do que uma grande tentativa de colocar entre nós e o astro-rei uma enorme peneira já que, “lá em cima”, sabe-se MUITO BEM onde estão os erros; e O QUE a população deseja para nosso sofrido País!

Devido ao exposto, sempre é bom lembrar que no ano de 2005 foi realizado um Referendo - e o assunto a consultar junto ao Povo era referente à possível continuidade da venda legal de Armas de Fogo e Munição no Brasil. E, para quem não se lembra do resultado, os votantes pelo SIM (56.951.853!) perfizeram um total de 64%! Comparativamente, na eleição de 2002, Lula recebeu, em cifra redonda, 53.000.000 votos, ou seja, 61% - numero menor do que o alcançado no malfadado Referendo!

Edição Completa
Edição Completa
Assine a Revista Magnum On-Line